Skip to content

é mais um, mas parece interessante

March 15, 2008

A editora Corpos Garagem acaba de lançar um site, onde os artistas podem colocar os seus textos e/ou músicas. No WorldArtFriends podem encontrar poesia, prosa, música, fotos e vídeo. A Corpos Garagem é uma editora pequena que já publicou perto de 300 jovens autores.

Não sendo nada de novo e existindo por aí muitos outros sites similares, este tem a particularidade de ter sido criado por uma editora e de estar disponível em quatro línguas (Inglês, Francês, Espanhol e Português). E o convite à publicação está feito: é só enviar para a morada que aparece aqui.
16 Comments leave one →
  1. March 15, 2008 10:10 pm

    A sério??? Quase que me apetecia mandar para lá Os Corredores…ehehehe..não fosse eu ter vergonha da dita cuja obra caseirinha…acho que ela vai continuar por aqui…😦

  2. March 16, 2008 12:13 pm

    obrigado pelo elogia.
    também gosto do seu blogue, pontual.
    essa editora corpos garagem é de Portugal, não é isso? Quem sabe não envio alguma coisa?

  3. March 16, 2008 1:58 pm

    Sim, é de Portugal Harold, mas acho que recebe trabalhos de todos os países. É uma questão de tentarem, meninos. Não perdem nada😉

  4. Anónimo permalink
    June 2, 2008 10:45 am

    Atenção à Corpos Editora!
    É uma fraude total!
    Os livros que edita são todos caseirinhos na verdadeira acepção da palavra, com a pior qualidade que existe. Não assinem contrato nenhum sem vir lá tudo explicadinho.
    Fala quem já passou pela experiência.

  5. June 24, 2008 12:41 am

    Concordo com o comentário anónimo. Uma colega de faculdade, sem a chamada queda literária nem o conhecimento lexical e de ortografia que proporcionasse alguma qualidade aos seus escritos, acaba de editar um livro pela corpos editora. é mesmo assim: tudo o que vem à rede é peixe.

  6. July 21, 2008 9:07 am

    Das coisas honestas e transparentes ninguém fala.
    Mas a porta está aberta e o convite na mesinha de um qualquer amigo.

  7. joaquim permalink
    December 30, 2009 11:28 am

    Sinto-me na obrigação de citar o anónimo:

    “Atenção à Corpos Editora!
    É uma fraude total!
    Os livros que edita são todos caseirinhos na verdadeira acepção da palavra, com a pior qualidade que existe. Não assinem contrato nenhum sem vir lá tudo explicadinho.
    Fala quem já passou pela experiência.”

    Essa gente brinca com os sonhos alheios…a qualidade dos livros é absurda, muito má mesmo, parecem agendas com páginas fotocopiadas, e o pior de tudo é que os comercializam a um preço exorbitante!! Quanto aos contratos que os mesmos propõe nem vou falar porque enfim…são de fugir…

  8. Inês Ferreira permalink
    July 24, 2012 12:01 am

    Não ache que brinque com os sonhos alheios, nem percebo porque diz tal coisa, pois concretizam sonhos!
    Arriscam publicar livros de autores desconhecidos e jovens, tenho 16 anos, sempre tive o sonho de publicar quando fosse “grande” , a Corpos Editora permitiu fazê-lo agora.
    Os livros são mais pequenos que o que se espera, é verdade, mas agora há um género de livros chamados “livros de bolso” e estes até são maiores, além disso acho o seu formato amoroso, não gostaria de ver o meu livro de poesia do tamanho de um atlas. Quanto ao preço ser exorbitante isso concordo, mas lá está, eles arriscam.

  9. Anonymous permalink
    October 1, 2012 4:55 pm

    Já vi os livros desta editora na feira do livro do Porto – acho estranho dizerem mal do aspecto – nunca tinha visto edições de novos autores em capa dura – a qualidade é excelente! Além disso o catalogo deles é recheado de novos autores – foi bom ver um stand com tantos autores novos – não se ve mais nenhum assim na feira toda!

  10. andreia permalink
    May 2, 2013 8:47 pm

    eu escrevi e lancei um livro com a corpos editora em novembro passado. foi “supostamente” colocado ha venda por 18€ mas apesar de muitos amigos meus procurarem por ele nas livrarias indicadas por eles nao os encontrámos so conseguiamos comprar directo a eles pela net. desde novembro que tento contactar com eles para saber da minha comissao de vendas mas nem me respondem. ja liguei ja mandei e-mail e nada. fiquei mesmo mal porque parecia tudo tao sincero. mas ate hoje so se encontra o livro no site da corpos e nada mais. afirmaram que estaria a venda na bertrand mas apos contactar a mesma negaram qualquer envolvimento com a dita editora.😦 lamentavel

  11. António Vaz Santos permalink
    August 16, 2014 2:46 am

    Fraud? Não é a experiência que eu tenho como autor de publicar com a Corpos Editora – já lancei 3 obras com esta editora e tenho publicações com outras também. A Corpos Editora é a única editora de dimensão pequena que não cobra aos autores. Eles investem 100% dos seus fundos para apostar em autores desconhecidos. Apoiam na divulgação e mantêm um contacto humano com os seus autores e nunca estive mais que 1 dia à espera de uma resposta sua. Quanto aos acabamentos, são livros de capa dura, com um trabalho gráfico artístico e de bom gosto – em nada parece uma fotocópia. Quanto ao preço final, os meus livros têm o preço entre 15€-22€. O valor não é exagerago tendo em conta o valores dos livros vendidos em geral – é dentro da média. Quanto à venda, sempre encontrei os meus livros à venda nas livrarias que indicaram (incluíndo a Bertrand). Também posso confirmar que tenho dois colegas na escrita que submeteram obras à editora e que foram recusados de forma educada (ao contrário de muitas editoras que nem uma resposta dão). Conheço alguns autores desta editora e a sua opinião é semelhante a minha. Há sempre espaço para melhorias, mas não tenho razão de queixa desta editora, ao contrário de outras com quem tenho colaborações que prometem e não cumprem.

  12. Joelma Maia permalink
    March 17, 2015 10:39 am

    Estou para lançar meu primeiro livro solo com a editora em questão, e espero em breve estar aqui para contar boas noticias dessa relação.
    Porque sonhar é preciso!

  13. Luís Qirino permalink
    June 19, 2015 3:05 pm

    O António Vaz Santos afirma que os seus livros, editados pela Corpos, se encontram à venda na Bertrand. Peço-lhe um favor, faça-nos acreditar que não é mais um mentiroso ao serviço dessa “Editora”, e mostre-nos a página da Bertrand onde aparecem os seus livros… Ou outro qualquer, da mesma editora, ou ainda da outra editora da mesma gente, a Artelogy.

  14. Luís Qirino permalink
    June 19, 2015 3:16 pm

    Deixo aqui uma sugestão a todos quanto pretendem editar um livro:
    Façam-no pela Amazon, é barato, é prático, embora só vendem no site da Amazon se forem vocês próprios a fazer publicidade e a respectiva divulgação; dá trabalho, têm de fazer praticamente tudo, é verdade, mas evitam pagar preços absurdos, serem desiludidos porque as editoras como a que se refere aqui vivem da vaidade dos supostos escritores que na maioria das vezes não têm, obviamente, qualquer qualidade literária, as editoras cobram as edições dumas centenas de livros mas não os distribuem (porque distribuir um livro sai caro…) e pegam neles e metem-nos no arquivo do contentar de lixo mais próximo do escritório.
    Para que uma editora séria edite um livro, nem sequer é suficiente que o livro seja bom. Ninguém arrisca hoje um cêntimo com autores desconhecidos. Para isso é necessário conhecer alguém bem relacionado com alguma editora e que “apadrinhe” o livro, ou então, como é o caso de muita gente, estar ligado a um partido político, como o PS…
    Com os livros, sucede o mesmo que com os concertos musicais: Nunca se faz o suficiente para cobrir os custos. Mas se tens dinheiro e queres ver o teu livreco impresso em letra de forma, segue o meu conselho: Amazon.
    Fica muito barato, os meus, com mais de trezentas páginas e capa dura ficam colocados em casa à volta de 5,50€, compras as unidades que queres a partir duma única, e não sofres nenhum desgosto.

  15. August 1, 2015 1:25 am

    Olá!

    Apesar de nunca ter recolhido quaisquer ganhos materiais (direitos de autor) acerca do livro que publiquei com a Corpos Editora, não me considero prejudicado. Acho que o livro não foi vendido suficientemente de modo a garantir-me os ganhos segundo o contrato que fizemos. Cumpriram em tudo, a meu ver. E o livro até ficou engraçado, com aquele formato. Tive ainda o prazer de falar com o Ricardo Teixeira, dessa editora, numa altura em que tinha o livro à venda na Avenida dos Aliados, no Porto, em 2011, numa feira do livro. Agradeço à Corpos Editora por me ter dado a oportunidade de editar o meu primeiro trabalho literário, foi um sonho que realizei com gosto. Já agora, aproveito para fazer publicidade desse trabalho de poesia, chamado “O Peregrino Interior”. Chamo-me Helder Faria e continuo a publicar livros, e tudo começou com a Corpos Editora. Obrigado pela vossa atenção.

    ps – não se pode pensar em “enriquecer” com o primeiro livro, a arte é essencialmente para ser partilhada, a meu ver, e não vista como veículo com finalidades materialistas.

    Helder Faria
    Agosto 2015

Trackbacks

  1. Quem disse que a poesia não vende? « o absurdo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: