Skip to content

Antígona

July 14, 2007

sofocles.jpgjá por aqui referi que umas das minhas editoras preferidas é a Relógio d’Água. a par desta, a minha admiração pertence também à Antígona.

no Verão, por esta altura, gosto muito de ler tragédias gregas.
um dia destes, li uma entrevista antiga do editor da Antígona à revista Ler, onde explicava que escolheu o nome da editora por causa da peça Antígona de Sóflocles (na foto).

vai daí, o desejo foi aumentando e acabei por ler anteontem a tragédia. nunca tinha lido Sóflocles, a não ser uma ou outra citação. a surpresa foi agradável ainda que prefira Ésquilo. deixo aqui um curto resumo da obra e uma óptima sugestão de leitura.

O cruel rei Creonte ordenou que o cadáver de Polinice, irmão de Antígona, permanecesse insepulto, sob pena de morte ou de prisão perpétua para quem desobedecesse a esta ordem. Antígona, sabendo-se assistida pelo amor e pela lei moral, não hesita em dar sepultura ao irmão. Uma vez cumprida a sua missão, marcha com uma serenidade admirável para o seu sacrifício voluntário.

One Comment leave one →
  1. September 25, 2007 4:49 pm

    Olá,

    Você tem o texto Antígona em PDF ou DOC?
    É do Millôr Fernandes???

    Abraços.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: