Skip to content

Pequeno apontamento sobre o Diabo e a Mosca Azul do Franklin Bardin

September 7, 2009

Bardin Um leitor que não conhece Franklin Bardin, depois de ler algumas palavras do prefácio, não resiste muito tempo e morde o anzol. E a língua sangra. Veremos se valerá a pena ou não. Estamos em Nova Iorque, em 1946, quando Ellen regressa casa, juntamente com o seu marido Basil, depois de passar dois anos internada numa clínica psiquiátrica. Ellen é uma artista reconhecida mundialmente. Toca cravo, um instrumento que tem a forma de um pequeno piano de cauda. É um daqueles génios típicos, que vivem aprisionados entre a música e a própria loucura. O passado de Ellen é revelado à medida que a narrativa avança e vamos descobrindo que também poderá ser uma criminosa. Ou será antes a vítima de um crime? “Jimmy crack corn and i don’t care/ Jimmy crack corn and i don’t care” é a música que acompanha a narrativa e passamos a ouvir atrás da orelha.  Depois de ler a apresentação de Ana Teresa Pereira, criam-se expectativas demasiado elevadas. Se um dos objectivos de um policial é criar suspense, “Que o Diabo Leve a Mosca Azul” provoca algum no inicio. Mas à medida que se avança, o mistério vai desaparecendo e a leitura torna-se penosa porque o escritor estende o novelo até ao limite. Estamos na cabeça de Ellen, dentro da sua própria loucura, e ouvimos os seus pensamentos durante toda a estória. Não viria mal ao mundo se pensasse várias coisas, mas anda sempre à volta do mesmo e nós só queremos que o pesadelo da protagonista acabe. É bom sentir alguma angústia e desespero enquanto acompanhamos Ellen. Só não queríamos é que a viagem demorasse tanto tempo.

Advertisements
2 Comments leave one →
  1. September 8, 2009 10:09 pm

    Eduardinha, sabes que não concordo, right?…ehehhhe..
    Adorei o livro…li-o de rajada e acho que a emoção está sempre lá…
    1-1; estamos com um empate! Quem desempata isto?

  2. September 8, 2009 10:10 pm

    Yeps. Já sei 😀
    Precisamos de mais alguém que tenha lido para desempatar. Quem se acusa?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: