Skip to content

Ovídio

February 24, 2009

publius_ovidius_nasoNum dia muito bonito, preparei-me para  o ir namorar. Na livraria, trocamos o primeiro olhar. Fugi-lhe, ainda que o desejasse. Levo a sério os compromissos. Não ando a brincar aos amores e os “outros”  já aguardavam, ao pé da cama, a sua vez. Mas o amor, ai o amor… aparece repentinamente, assim do nada, e leva-nos a cometer loucuras deliciosas.

O problema é que neste caso não mantenho compromisso com um, mas com vários, o que torna a separação  ainda mais dolorosa para todos. O peso de uma traição até se aguenta, mas de várias…

Ignorei-o.  Mas o sacana, ai o sacana, piscou-me um olho. Eu, que não sou tímida mas gosto de dizer que sou, corei até à raiz dos cabelos. Estar dividida entre dois amores pode levar qualquer um à loucura, mas imaginem então estar dividida entre vários.

Naquela altura já não o conseguia ignorar. É pá, quando se começa a sentir algo, não dá para esquecer por muito mais tempo. Li as primeiras páginas e… sabem como é, deixei-me levar. Não demorou muito tempo até sentir a consciência a arder. Em casa, os outros estavam empilhados, à espera da sua vez e completamente cegos em relação a tudo o que estava a acontecer.

Guardei-o na estante, com a promessa de que mal resolvesse tudo com os outros, voltaria a correr para ele. Já estava a caminho de casa quando resolvi voltar para trás e comprá-lo – já experimentaram aqueles impulsos súbitos que tomam controlo completo sobre nós?

Entrei na livraria e dirigi-me à prateleira aonde o tinha deixado. Não o encontrei. O meu coração quase parou. Em pânico perguntei à livreira o seu destino. Tinha acabado de o vender. Tanto livro no mundo, tantas centenas de títulos naquele espaço e tinha de vir alguém precisamente naquele dia e naquele curto espaço de tempo comprar o livro que passei a tarde a namoriscar.

Levou-me a Arte de Amar de Ovídio, com edição da BI. Não perdeu pela demora: dirigi-me a outra livraria e comprei o mesmo exemplar. É igual, mas não é aquele que namorisquei.

One Comment leave one →
  1. February 25, 2009 9:52 am

    🙂 Também já tive situações dessas. Namoramos, namoramos e depois quando finalmente nos decidimos já outro o levou para casa…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: