Skip to content

Lisboa e Vergílio Ferreira

September 30, 2008

Esqueci-me de referir no post sem título que por três vezes, em três alfarrabistas de Lisboa, vi três clientes diferentes a comprarem livros de Vergílio Ferreira. Há muito que o queria ler e não resisti em trazer Alegria Breve. Mas o que se passará entre Lisboa e Vergílio Ferreira?

Porque a vida pesa tanto. É imensa, horrorosa, violentíssima, temos de sangrá-la com qualquer actividade para ter menos força.
Vergílio Ferreira, in Alegria Breve

4 Comments leave one →
  1. ricardo permalink
    October 1, 2008 3:46 pm

    temos esta fotografia do Sr Vergílio Ferreira pendurada na Trama. Resta descobrires onde…

  2. Marlene permalink
    October 3, 2008 10:54 pm

    Sou aficionada pela palavra desse senhor!
    O que esse homem faz com as palavras é algo que não está ao alcance das (minhas) palavras descrever.

    Parece que ganham vida própria, autonomia. O que ele diz já nós sabemos – sim, a vida é dura, bem o sabemos. Mas essas verdades incontestáveis, de tão clarividentes, perderam força, tornaram-se lugares comuns. Mas, pela sua mão, as palavras recuperam o fôlego.

  3. October 5, 2008 4:18 pm

    Eu nem comento…Virgílio Ferreira é indescritível….”Pensar” é um livro obrigatório, daqueles de ter na mesinha de cabeçeira…

  4. November 12, 2008 9:05 pm

    O meu escritor preferido desde sempre. Com temas recorrentes, mas onde consegui descobrir sempre coisas novas. Também tenho uma imagem dele nas minhas paredes…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: