Skip to content

‘enough is enough’

April 20, 2008

Não é por nada, sei que os escritores têm de fazer pela vida, mas cada vez me custa mais encontrar sempre os mesmos nomes na imprensa, a dizerem sempre o mesmo. Os próprios deveriam resguardar-se mais. Porque mesmo que queiram vender o seu peixe, também passam uma imagem, um rosto, que acaba por cansar. Há um autor português de que gostava muito mas à força de tanto me cruzar com ele (seja em tertúlias, seja na imprensa) já não consigo ler um livro seu. Isto não invalida a potencialidade do livro mas provoca um enjoo difícil de ultrapassar.

3 Comments leave one →
  1. April 21, 2008 1:10 pm

    Será o JLP?

  2. April 21, 2008 6:37 pm

    como é que adivinhaste?😉

  3. April 25, 2008 11:01 pm

    O ALA disse na sessão efectuada aqui na livraria que destestava estes encontros porque tinha sempre a sensação de que se estava a vender e que um livro se deveria vender por si só, apenas pela sua qualidade.
    A culpa também é de quem organiza porque escolhe sempre os mesmos autores….
    Quanto ao JLP estou de acordo contigo, não há semana que não o encontre num artigo, numa entrevista ou numa sessão em qualquer parte.
    Apesar de gostar muito dele e quando falei com ele sobre música e outras cenas fiquei com excelente impressão dele mas de momento talvez pela overdose, os dois últimos livros dele estão em pousio na biblioteca lá de casa a aguardar a vez.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: