Skip to content

o sedativo

March 20, 2008

que existem diferenças entre os homens e as mulheres é ponto assente. mas que agora criem uma editora baseada em pressupostos como “as mulheres necessitam ter mais informação para decidir”, ou “as mulheres são mais fiéis e constantes nas suas escolhas, após estarem certas do que querem”, ou ainda “as mulheres apreciam mais posicionamentos claros e honestos, assentes na solidariedade e integração do que assentem em pressupostos de poder e de quem vende mais 1.00 ou 100.000 exemplares”, não é uma apologia à “mulher”. é sexismo e até me parece estúpido, sensibilidades à parte.

não acredito em literatura de géneros. mas, como é obvio, existem certos temas que atraem mais um sexo do que outro. por exemplo, não me estou a ver a comprar um livro de automobilismo. tal, como não costumo ver homens a comprarem livros de puericultura.

a Seda acha estranho que se façam “livros iguais para toda a gente”. mas onde raio foi buscar tal ideia? vive onde? por acaso não conhece o que se edita por cá? não conhece as várias chancelas que existem dentro das próprias editoras? geralmente organizadas por temas e não por sexo.

sem mais delongas: se as meninas querem parecer feministas, acabam por ser machistas. agora, esperemos que o catálogo contrarie esta minha primeira má impressão. (o que não me parece).
7 Comments leave one →
  1. Anonymous permalink
    March 20, 2008 4:35 pm

    Gostaria que me explicasse o que quer dizer com “se as meninas querem parecer feministas, acabam por ser machistas”…Acha que o feminismo não é preciso…Sabe o que significa ser feminista?

  2. March 20, 2008 4:47 pm

    Caro anónimo (ou anónima)

    Esta não é uma discussão sobre feminismo.

    Sim, sei o que significa ser feminista, esteja descansado(a).

    E, embora, não queira aqui discutir sobre o feminismo, adianto-lhe já a minha opinião pessoal: o feminismo não está morto, as mulheres continuam a ser maltratadas e rejeitadas em muitas situações do dia-a-dia. E por isso, faz ainda sentido lutar em determinadas situações.

    A minha frase que coloca em citação, não diz respeito às feministas em geral (esteja descansada(o)). Diz respeito à forma como este projecto se apresenta que, na minha opinião, acaba por discriminar os próprios homens.

    E que eu saiba, o feminismo luta pelos direitos das mulheres e não pela discriminação dos homens.

    E, para a próxima, não assine em anonimato😉

  3. Rute permalink
    March 20, 2008 5:17 pm

    Olá🙂
    Obtive o teu link atraves de um amigo comum😉
    Curiosamente ainda hoje tentei novamente o link que sei está desactivado so na esperança de ter qualuqer tipo de sorte diferente…e ainda há pouco pensei mesmo em retirá-lo do blog.
    Pelos vistos em boa hora não o fiz🙂

    Vou dar uma vista de olhos pelo teu cantinho!
    Quanto ao meu, por favor volta sempre que te apetecer😉

    Beijinho.
    Rute

  4. March 22, 2008 7:14 pm

    quem precisa de ver distinções feitas em coisas tão idiotas, desnecessárias e profundamente sexistas, como “livros para mulheres”, é que não sabe o é ser feminista!
    fiquem lá com os livros côrrosa para mulheres, e deixem o resto para os indíviduos, seja de que sexo forem.

  5. Katia permalink
    March 24, 2008 5:08 pm

    Racionalidades, direitos e sexismos à parte, a mim parece-me que a Livros de Seda é toda ela uma manobra e produto de marketing.

    Ou seja, eu penso que aquelas mulheres pensaram que, as mulheres iam olhar para a editora e pensar “olha, uma editora para mulheres, deixa cá ver o que tem editado… épa, não conheço este autor mas a sinopse e a capa são interessantes, parece que foram mesmo feitas a pensar em mim, ainda por cima escolhido por mulheres, vou levar”.

    Talvez se tenham esquecido é que vivemos no séc. XXI e como tal, muitas mulheres têm acesso à informação e como tal, vivem o feminismo de uma forma menos agressiva e mais preocupada com sexismos. Comot al, o slogan da editora pode funcionar com o efeito contrário ao pretendido.

    Da minha parte, quando leio livros que se encaixam nas minhas preferências. E se lá se encaixam é porque gosto do género ou da escrita ou porque é recomendado por outras pessoas. Portanto, tanto me faz a orientação da editora.

    Se bem que, andar com um livro debaixo do braço, de uma editora que gera tanto mal estar entre sexos pela sua afirmação de certo modo sexista não me agrada nada. A editora podia perfeitamente seguir uma orientação feminima na escolha dos livros e do design dos mesmos mas, não se afirmar como uma editora de género, por exemplo, como fazem os jornais desportivos.

Trackbacks

  1. ainda o sedativo « o absurdo
  2. Livros de Seda « Animal Civilizado

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: