Skip to content

o jornalismo cultural

January 8, 2008

Mais uma vez voltei a analisar um artigo científico sobre jornalismo cultural para um trabalho académico. Não se tem sorte duas vezes e, este segundo, não é tão interessante como o primeiro. Fragmentos de um discurso: a narrativa do jornalismo cultural na pós-modernidade de Viviane Marques Guedes pode ser encontrado e descarregado gratuitamente na BOCC.

Ficam algumas ideias do artigo para quem se interessa por este tema:

* na era do consumo, superficialidade e fragmentação, o cultural deixa-se levar pela lógica mercadológica;

* com o crescimento da imprensa capitalista, os jornais passam a dar menos importância à interpretação dos acontecimentos e a abordá-los segundo uma lógica factual, reduzindo o espaço dedicado à informação cultural;

* é neste contexto que o jornalismo cultural sofre, nos últimos anos, profundas mudanças: carências interpretativas; intensa factualidade; desvinculação entre sujeitos e o saber local; crítica segmentada e superficial das diferentes expressões artísticas;

* o que prevalece é a venda do produto cultural para alimentar a indústria do consumo;

* o discurso do jornalismo cultural vem dissociando a arte dos seus sujeitos produtores e do seu significado artístico-cultural;

* ao passar pela mediação jornalística, o saber cultural passa a ser outro, diferente da sua autêntica identidade;

Advertisements
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: