Skip to content

‘Deixem-me. Não vou amar o mundo. Estou-me nas tintas.’

January 5, 2008

apetecia-lhe ficar só. não sentir ninguém nem falar nem se ver obrigado à condescendência ou à fraternidade. é um neurótico. um egoísta.

e

eu juntei-me a ele: procurei o estilo, não o encontrei; procurei Singapura, nunca a vi.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: