Skip to content

O que tem em comum,

September 10, 2006

Riverside, Porcupine Tree e Poets of the Fall?

potf.jpgporcupine.jpgriverside_gr.jpgporcupine.jpg
 

São cópias mais ou menos perfeitas dos Anathema. O que não quer dizer que não sejam bons… Só não são tão bons… Mas como são cópias do melhor que há para mim já são muito bons!

8 Comments leave one →
  1. September 10, 2006 2:27 pm

    Olha o sacrilégio… não podes chamar de cópia a Porcupine Tree. =o/

  2. September 10, 2006 2:35 pm

    Os Porcupine Tree nasceram mais tarde do que os Anathema e uma das suas influências são mesmo os Anathema. Tentam falar/compor dos mesmos temas mas com menos profundidade. Contudo gosto de Porcupine Tree. Gosto mesmo muito 🙂 Se calhar podem nem ser uma cópia no sentido pleno da palavra! Tentaram concerteza trilhar o seu próprio caminho…. Mas não podemos compara Jesus a Deus!? 🙂 provavelmente eles nem se querem comparar… oh well. já estou confusa!

  3. September 10, 2006 6:47 pm

    Que venham mais “copias” dessas =D Por acaso gosto bastante de Poets of the Fall, mas Anathema é Anathema. É bom sinal que hajam bandas a seguir boas influencias ^^

  4. September 10, 2006 7:13 pm

    Bem, se considerares mais tarde o 1991 de Porcupine Tree em relação ao 1990 de Anathema, nasceram mais tarde os primeiros, sim. Mas os álbuns de estreia são, duns e doutros, datados de 1993. As bandas vêm de espaços musicais completamente diferentes: Anathema tem raízes (profundas) no Metal; enquanto Porcupine Tree se aproximavam mais da pop experimental e, por vezes, do psicadelismo – à bom maneira Pink Floyd. E algo me diz que não gostas nada dos primeiros discos de Anathema. 😉

    [gosto bastante de Anathema, mas percebi agora que não gosto de os ver acima de Porcupine Tree :)]

  5. September 10, 2006 7:52 pm

    psig: descobri os Poets of the fall atravês do teu blog 🙂

    Hugo: dás cabo de mim… Eu aqui armada em conhecedora profunda de música mas rendo-me à evidência: ainda tenho muito para aprender! Mais é verdade que não gosto muito dos primeiros discos dos Anathema. Silent Enigma, por exemplo, não consigo simplesmente ouvir: fere-me os ouvidos.

    [vou-me continuar a dedicar mais à literatura 😉 ]

  6. September 10, 2006 9:10 pm

    ahaha nice, não fazia ideia =D Por acaso não é nada conhecido e é uma pena^^

    Como o Hugo Torres falou da influência de Pink Floyd em Porcupine Tree, talvez não seja tanto a influência de Anathema em Porcupine, mas sim a influência de Pink Floyd em ambas =)

  7. September 15, 2006 7:01 pm

    psig, se me chamares só de Hugo, não me chateio. 🙂

    Tudo o que é banda (decente) que caminhe pelos caminhos do Rock Alternativo tem Pink Floyd por referência – mesmo que indirectamente. Remember that. 😉

  8. September 15, 2006 10:21 pm

    lol Hugo=X

    Bem visto 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: